… E ADESSO "TOTTUS IN PARI" A STUDIARE IL PORTOGHESE DEL BRASILE …


di Paolo Pulina

 Cari Max e Valentina,

sicuramente vi avrà emozionato leggere in portoghese, nella traduzione di Lucinha Dettori,  il vostro testo di presentazione della collaborazione tra il vostro Blog e quello sardo-brasiliano in portoghese “SARDEGNA SA TERRA MIA”

http://sardegnaterramia.wordpress.com

 

Tradução/Português.

O SITE ‘SARDEGNA SA TERRA MIA’, NASCE NO BRASIL A VERSÃO PORTUGUÊSA DE ‘TUTTUS IN PARI’

Recentemente, o site Tuttus In Pari, conquistou o coração de várias pessoas de origem sarda no Brasil.

A senhora, Lucinha Dettori, nos segue a cada dia. E através desta observação, lhe veio o desejo de criar uma ferramenta que por sua vez, pudesse falar da Sardenha na língua portuguesa, para aqueles que vivem nesse país extraordinário que é o Brasil.

É assim foi criado o Blog ” SARDEGNA SA TERRA MIA”

Este site reproduzira também varias noticias veiculadas no Tuttus in Pari, em fase experimental, com objetivo, de levar a todos os amigos e descendentes Sardos, um pouco da cultura, historia e a beleza da Sardegna.

 

Confesso di essermi emozionato un po’ anch’io scoprendo che era già stato tradotto in portoghese un mio articolo ripreso dal vostro Blog.

 

  

L’AMICO SALVATORE TOLA, ESPERTO COMUNICATORE, E LA “LETTERATURA IN LINGUA SARDA”

di Paolo Pulina

Scritto da: Tottus in Pari in presentazione libro

Jonathan Swift em “As Viagens de Gulliver” foi imortalizado pelo paradoxo lógico que deixou três estudantes Lagado empenhada em melhorar a língua do país: “Desde que as palavras não eram os nomes das coisas, teria sido muito mais confortável que todos trazem por trás das coisas que ele pretendia falar em qualquer assunto “. Tola Salvador com o seu livro pesados “da literatura na língua da Sardenha. Textos, os autores, os eventos “(Cagliari, Cuec de 2006, mais de 550 páginas), opor-se a antecedência da idéia de algumas sardas sagacidade meia em que aqueles que desejam explorar os textos, os autores, a história da literatura na Sardenha deve carregar sobre os ombros de um dos livros da biblioteca rica. Tola naturalmente ricos (muito ricos de fato), biblioteca, se a língua da Sardenha e da literatura é feita nas décadas mas quis sintetizar e difundir a aquisição adquirida em longos anos de pesquisa e estudo.  palavra por palavra o texto ea capacidade combinada para fazer as rondas de frases e individual unidades lexicais de forma mais adequada. […]

 

Este artigo foi postada na quinta-feira, 15 de julho de 2010 às 19:25 e está arquivado em livro de apresentação. Você pode seguir qualquer resposta para esta entrada através de RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou trackback de seu próprio site.

 

(Traduzione di  Lucinha Dettori)

Mi hanno interessato anche due altri messaggi presenti nel Blog a motivo dell’amore che porto  all’isola di  Sicilia e  in particolare alla zona del porto dell’Etna (Riposto) non lontana dalla provincia di  Messina. Il primo messaggio è in italiano; il secondo è in portoghese. Mi piacerebbe vedere riprodotto sul vostro Blog anche questo secondo testo. Ci servirà per abituarci a capire, magari con l’aiuto di un dizionario, il portoghese e quanto siano affascinanti i percorsi dei collegamenti interculturali attraverso il mondo.

Paolo Pulina

 

Primo testo

Congratulazioni vivissime ed auguri affettuosi da un siciliano amante della Sardegna e dei sardi, forse a questo predestinato dal chiamarsi…. “Sardone”.

Un grande abbraccio

Diego

 

Secondo testo

A COMPARAÇÃO DE DUAS ILHAS: O Pacto Siciliano precedência sobre divisões Sardas.

 

di Ignazio Basile

 

Para quem é da Sardenha é impressionante notar que, na província de Messina, os países que buscam, na costa do mar Tirreno a desenvolver ao longo da estrada nacional um após o outro sem interrupção: Torregrotta Rometta Marea, tubarão, Valdina, Venetico Marina Spadafora e todos os outros são praticamente ligados uns aos outros.

Se você vir e tomar o trem de Palermo para Messina, cujos trilhos correm paralelos à estrada, você também pode ver a praia e o mar, se você tiver a clarividência de escolher um assento perto da janela.

As melhores praias na província estão na costa da Sicília e no resto falta de belas praias. Não é, portanto, a beleza natural que temos de encontrar a diferença entre as duas maiores ilhas no mar Mediterrâneo. Ambos são bonitos ou pelo menos eu amo os dois iguais: uma, porque ela deu a luz a meu pai, o segundo porque eu nasci (além de minha mãe).

Apesar de ser uma área quase igual (Sicília é apenas ligeiramente maior do que) os habitantes da Sicília são mais de três vezes superiores aos da Sardenha (e meio milhões de habitantes em comparação com quase cinco milhões de euros). Eu também sinto que, apesar da presença do catalão em Alghero, o Carloforte Tabarchini e apesar das peculiaridades da linguagem também Gallura, Sardenha, talvez devido à sua maior isolatezza, manteve-se mais homogênea, tanto do ponto de vista cultural, tanto de um sócio-antropológica. Em contraste, no entanto, deve notar-se, a partir de outro ponto de vista, que a Sicília desempenhou e desempenha um papel político mais importante do que a Sardenha (em detrimento dos três Presidentes da República que tenha sido capaz de se expressar).

Penso que a razão para este papel mais significativo que o lugar da Sicília, a nível nacional, não apenas ser atribuído ao maior peso eleitoral que ele carrega em Roma, mas reside na capacidade, todos da Sicília, para unir forças e superar as diferenças, em nome do município. Então ponha de lado as rivalidades antigas e novas, Palermo, Catania, Messina, Agrigento e Siracusa, clãs se reúnem em Roma, em nome do melhor interesse da Sicília.

Quando Sardes, talvez mais fechado e desconfiado, muito menos unidos e determinados os sicilianos nunca conseguiu entregar uma unidade de propósito eficaz contra a Roma. Uma manifestação simbólica, temos que, na sequência da entrada em vigor da Constituição da República, após a Segunda Guerra Mundial, quando os sicilianos foram rápidos, com tempo e capacidade para aprovar o seu estatuto especial (que aleatoriamente desenha uma especialidade mais forte e mais forte do que da Sardenha), enquanto que os sardos foram divididas e disputas entre si, de modo que Emilio Lussu, quando o Estado viu finalmente a luz, o chamou de “um gato, que substitui o leão que o esperado).

Agora vamos compartilhar a acusação, que vem de um federalismo nortista e os últimos nova matriz, duas regiões que vivem com o bem-estar e preguiçoso aninhado no setor público. Nervosa, depois de ter agregado ao Reino da Sardenha e Piemonte, após a rendição dos italianos e libertação do jugo estrangeiro deixou a Sicília por Garibaldi e seus Mil.

 

(Il testo è illustrato da un quadro di Antonino Cammarata, “Costa Jonica”).

2 risposte a “… E ADESSO "TOTTUS IN PARI" A STUDIARE IL PORTOGHESE DEL BRASILE …”

  1. Egregio Signore Paolo Pulina,
    Il blog Sardegna Sa Terra Mia, è onorata di poter contare sulla loro collaborazione, come studioso e poeta Sardo, attraverso la rivista Tuttus in Pari in emissione.
    In riconoscimento e ringraziamento al nostro semplice projeto, preparato senza nessuna pretesa del “no” per venerare la memoria dei nostri antenati Sardos, il nostro onore, con la pubblicazione di un estratto dal Cantico delle Sardo immigrati, di suo. In opotunidade ristampato i temi da voi pubblicate in portoghese, con una fato di famiglia.
    Caro Saluto
    Lucinha Dettori –

  2. Ciao Max e Valentina,
    Confesso che sono molto emozionata e felice con la ripercussione del nostro lavoro. Ho ricevuto molte mail da soggetti privati che non amano esporsi pubblicamente, ma tutti in omaggio al nostro lavoro. Spero di avere il tempo di tradurre in italiano.
    Max (mi scusi per l’intimità, ma è più facile scrivere il proprio nome in portoghese). Mi preoccupa, con la presentazione del blog, in termini tecnici, perché come sapete è che mia figlia più grande che ha formattato il blog per me, e credo che gli strumenti di wordpress siano un po ‘complicati per i miei due neuroni, quelli ancora in buono stato di funzionamento. (ride). Ci scusiamo per i difetti tecnici, sto migliorando e, di conseguenza potrò essere la più grande vecchia blogger su Internet.
    Caro saluto

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *